sexta-feira, 26 de outubro de 2012



De vez em quando é preciso fechar os olhos
Fechar as portas da mágoa.
E abrir os olhos do coração.
É melhor fingir esta dormindo por décadas, para falar apenas o necessário.
E tocar somente em quem quer ser tocado.
Ás vezes as borboletas pode ir até seu jardim, permanecer ou não.
Ás vezes é mais fácil sorrir.
Mesmo quando chorar pareça á melhor solução.
Ás vezes é melhor viver iludida, em uma fantasia.
Do que viver somente na realidade.
Que tira os sonhos dia menos dia..

1 COMENTÁRIOS:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei o seu blog , que me chamou à atenção li a primeira postagem e folhe-ei mais lagumas, é um blog feito com muito entusiasmo, e dedicação, gostei do conteúdo e quero deixar os meus parabéns, quando encontro um blog bom deixo sempre um comentário e um convite.Ficarei grato se me der a honra da sua visita no meu blog O Peregrino E Servo. Se desejar seguir eu sempre vou retribuir seguindo seu blog também.
Sou António Batalha, cristão evangelico. Deixo a minha benção, e a paz de Jesus.
PS.Ao seguir meu blog faça-o de forma a que eu possa encontrar o seu blog, para que possa segui também.

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário


Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Este blog está protegido com os direitos de autor. É proibido fazer cópias do conteúdo deste blog, desde que coloque na mesma postagem um link dizendo que o meu blog foi a fonte.